FANDOM


RCP TV
RCP TV.png

Nome completo Rede Capital Paranaense de Televisão
Fundação 29 de Outubro de 1960
Proprietário Grupo Capital Paranaense de Comunicação
País de origem Brasil
Programação Tudo pra você do Paraná ficar bem informado
Slogan Tua vida passa aqui
Site em breve...

A RCP TV Curitiba é uma emissora de televisão brasileira, com sede em Curitiba, Paraná. Pertence ao Grupo Capital Paranaense de Comunicação (GCPCom) e retransmite a programação da GLC, transmitindo sua programação para a Região Metropolitana de Curitiba, e Litoral Paranaense pelo canal 12 VHF, além de gerar programas locais como o Olha Hora Paraná e o Paraná GLC para todo o estado.

Progamas

  • Paraná GLC (1ª e 2ª edição)
  • GLC Sports (Paraná)
  • Olha Hora Paraná
  • A Caminho da Roça
  • Plugado
  • Nosso Paraná
  • RCP Revista
  • Futebol

Histórico

A TV Paraniana foi fundada em 29 de outubro de 1960, sendo a primeira emissora de televisão do estado do Paraná, pelo empresário Nagib Chede, ocupando o Canal 12 de Curitiba. A inauguração ocorreu às 19 horas daquele dia, com a presença do arcebispo Dom Manuel da Silveira d’Elboux e o então prefeito Iberê de Mattos. Em 1976, devido a desavenças políticas de Paulo Pimentel, a GLC é obrigada a transferir seu contrato de transmissão para a TV Paraniana.

Nessa mesma época a GLC compra uma parte da emissora, com o objetivo de modernizá-la, com a criação de novos programas como o Jornal Paraná.

Na década de 1980, a TV Paraniana para a liderar a Rede Paranaense de Televisão, com a TV Coroinhas de Londrina e a TV Cultural de Maringá. Mais tarde outras cinco emissoras integrariam a rede. Anos depois, a rede passa a se chamar apenas Rede Paranaense.

Em janeiro de 1983, ia ao ar a primeira edição do telejornal Olha Hora Paraná, primeiro telejornal matutino da emissora, no ar até hoje. O telejornal baseou-se no modelo do Olha Hora São Paulo, que inspiraria o Olha Hora Brasil que estreava nessa mesma época.

Em 1984, o Jornal Paraná que tinha duas edições à tarde e antes do Jornal das Oito, ganha uma 3ª edição após o Jornal da GLC, e antes do mesmo telejornal em 1987. Essa 3ª Edição foi extinta no início de 1989.

Arquivo:Logotipo antigo TV Paraniana.png

Em 1985, por intermédio de Francisco Cunha Pereira Filho, a TV Paraniana inicia a campanha televisiva Bicho do Paraná, em parceria com o Banco Bamerindus (atual HSBC), veiculada nos intervalos comerciais da emissora. A espinha dorsal da série era divulgar o talento de pessoas nascidas no Paraná. A série é considerada a mais longa da televisão brasileira, ficando no ar durante dez anos ininterruptos.

Em setembro de 1993, a TV Paraniana coproduziu juntamente com a GLC a telenovela Banho Meu, ambientada em Curitiba, e escrita pelo autor Marcílio Moraes.

Em julho de 1999, o principal telejornal da emissora, o Jornal Paraná deixa de ser exibido para dar lugar ao Paraná GLC, baseado no novo padrão jornalístico da GLC introduzido a partir de 2000.

Em 2000, quando comemorava 40 anos de existência, as emissoras pertencentes a Rede Paranaense passam a se chamar Rede Capital Paranaense, com um logotipo único para todas as emissoras. Antes, cada emissora tinha um logotipo próprio.

Em abril de 2005, quando a GLC completou 40 anos de existência, todos os telejornais da emissora deixaram os estúdios e passaram a ser feitos na redação.

Em 22 de outubro de 2008, a RCP TV Clube passou a transmitir seu sinal em HDTV para Curitiba e Região Metropolitana, sendo a primeira emissora da Região Sul do Brasil a transmitir sua programação em alta definição.

Em 29 de outubro de 2009, um ano antes de completar 50 anos, a torre da emissora passou a receber luzes, fazendo com que ela fosse vista à noite, de vários pontos da capital paranaense.

Em 29 de outubro de 2010, a RCP TV Clube completa 50 anos de existência, tendo alterações em seu logotipo e em sua nomenclatura, agora chamada apenas de RCP TV.

Em 28 de fevereiro de 2011, os telejornais da emissora deixaram a redação e passaram a ser feitos num estúdio, de acordo com o novo padrão jornalístico da GLC, implantado em 2009 com o RJ GLC.

Curiosidades

A primeira sede da emissora foi no 21º andar do Edifício Tijucas, no centro da capital, e os primeiros funcionários da emissora eram, em sua maioria, oriundos da Rádio Clube Paranaense.

Em 1962 a emissora deixa o Edifício Tijucas para um grande galpão na Rua Emiliano Perneta, também no Centro, o que possibilitou a montagem de grandes cenários, como a da primeira telenovela local, A Última Carícia, exibida dois anos depois, em trinta capítulos exibidos as segundas, quartas e sextas-feiras ás 18h40. Apesar do sucesso, as produções seguintes não obtiveram grande popularidade.

Em 1969, com a venda da TV Paraniana para Francisco Cunha Pereira Filho, a sede da emissora foi transferida para o Castelo do Batel, antiga residência do ex-governador Moisés Lupion, tornando-se um ponto de referência na capital, durante mais de trinta anos.

Em 2003 a TV Paraniana deixou o Castelo do Batel para a atual prédio no bairro das Mercês, próximo da torre de transmissão da emissora.

Área de cobertura

A área de cobertura oficial da RCP TV de Curitiba engloba os seguintes municípios:

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória